23 de abril de 2012

aos anónimos do costume

Aos anónimos do costume:
Eu não me deixo abalar, eu sou melhor do que vocês, eu sei para onde vou e para onde irei, eu sei quem sou e eu sou mais eu, muito mais eu do que vocês.
Se pensam que conseguem abalar a dedinho, ameaçando revelar a sua identidade, desistam, givit upe. A dedinho sabe que vocês sabem onde trabalho, onde maquilho, onde manicuro e pedicuro, mas só revelará mais se, como e onde quiser.
Ceder a alheios anónimos is just not for me.
Get a life.

3 comentários:

Melissinha disse...

te love you

Anónimo disse...

Oh dedinho e se este anónimo informar que tem um pénis do tamanho do de um elefante da tanzania capaz de ofuscar qualquer maleta carolina Herrera? Estará a dedinho interessada em ceder a sua impoluta vagina a esta haste do anónimismo?

Anónimo disse...

Aqui um dos anónimos do costume quer reclamar sobre este facto esmagador, massacrante, brutal, arrasador e que nos faz pensar e também raciocinar e reflectir mentalmente com a cabeça, a dedinho ainda não mostrou ao mundo o seu arrumadinho!