16 de abril de 2010

Harmonizar o lar com peças básicas



O Feng Shui que há em mim saúda o Feng Shui em cada uma de vós, amadas de encanto e sobriedade,

Hoje falaremos de abençoar as nossas casas com peças harmoniosas, que nos remetam a vários lugares do Globo e que nos falem à alma.
Gosto muito de misturar o moderno ao étnico, o clássico ao novo, o hippie ao chic, de modo a criar vários ambientes propícios a l'amour.
A regra mais importante em qualquer projecto de decoração é: NÃO HÁ REGRAS! O importante é deixarem os corredores energéticos fluírem e não terem espelhos apontados para a cama, porque toda a gente sabe que os espelhos roubam a alma.
Como muitas seguidoras têm pedido, deixo aqui alguns details da minha house, esperando que sirva de inspiração.

A escultura étnica, para nos lembrar que há outros povos e culturas por descobrir;

A Mãe Porca com suas várias tetas, pronta a alimentar toda a Humanidade, para nos lembrar do que importa na vida;
O ursinho no tanque de guerra sobre a Holanda, para nos lembrar dos horrores da Ocupação.

E pronto, amadíssimas, lembrem-se: o importante é fluir, fluir, fluir como o rio que... fluie.

Bisouuuuuxxxxx

8 comentários:

Gingerbread Girl disse...

Ai que inveja!!!

Ana C. disse...

Isto quer dizer que posso pôr o Galo de Barcelos que me ofereceram em cima do plasma? Posso dizer que é étnico-chic?
A tua casa tem peças lindas dedinho e já vi que te preocupas com objectos quentes sobre a mesa, pois tens uma toalha-protectora, que doméstica atenta meu Deus, pensas em tudo.

Ana C. disse...

Longe de mim criticá-la dedinho, mas aquilo que sai do rabo do camelo é uma pata, ou um cagalhão? O próprio camelo me parece em si um cagalhão, mas nestas coisas da arte nunca se sabe...

Dedinho disse...

Ana, queridérrimo ser de Emanação, sobre o primeiro comentário sobre a toalha protectora, não sei do que fala.

Sobre o segundo: também não.

LaranjaLimão disse...

Querida Dedinho,
Eu tenho "Um ... das Caldas" na mesinha de cabeceira para me inspirar... fazer suspirar... e quem sabe até grunhir... comprei-o a pensar nisso do Chop Suey.

Ginguba disse...

Dedo grande do pé ( Dedinho, meu deus eu e aminha grande boca):
E se fluisses até à feira da ladra a vender esses cacarecos mais os naperons que de certeza pões por baixo, trocas tudo por euros e depois fluis até um quiosque e compras umas revitas de decoração de jeito?
anh?

Melissinha disse...

Não ligues a essa gentalha sem gosto, Dedinho. Essa gente acha que Feng Shui é uma arte marcial.

Ginguba disse...

Claro que Feng Shui é uma arte marcial!!!
Havia de ser o quê? Que ingnorante, Melissinha! Vê-se logo que faz parte da seita da extremidade do membro superior!
Blhec